© 2020 DEOLINDA AGUIAR

    Mil folhas (2016/2020)

    Mil folhas vem sendo produzida com papéis A4, usados por corporações da cidade de São Paulo. A produção da obra depende da arrecadação de papéis que são empilhados e revestidos de cola branca misturada com pigmento preto. Ao tornar seu conteúdo inacessível e bloqueado pelo procedimento de colagem, o acúmulo de informações impressas em cada unidade de papel é velado. Sua verticalização depende da quantidade de material recebido pela artista durante a coleta de doações solicitadas a empresas e instituições da cidade. Mil folhas, questiona a manipulação de informações escondidas ou dissimuladas, e também pode ser lida como uma barricada.